Crítica do filme Cinquenta Tons de Cinza

*Por Michel Toronaga - micheltoronaga@daiblog.com.br

Aguardado por muitas leitoras que devoraram a trilogia de livros em dias, o filme inspirado no best-seller Cinquenta Tons de Cinza estreia nos cinemas repleto de polêmicas por causa do sexo sadomasoquista que permeia a história. Mas será que as imagens que aparecem na telona são realmente tão fortes assim? A resposta é: não. Está longe de ser algo chocante como o sadismo retratado em Ninfomaníaca: Parte 2, por exemplo.

O filme conta a história do relacionamento da inocente universitária Anastasia Steele (Dakota Johnson) com o empresário Christian Grey (Jamie Dornan). Os dois se apaixonam assim que se encontram pela primeira vez e começam uma história de amor diferente, uma vez que o bilionário é dominador e não quer uma namorada. Ele deseja uma submissa para obedecer todos seus caprichos.

O livro de E.L. James é repleto de passagens de sexo descritas com detalhes e comparações bregas. A boa notícia é que a adaptação para a telona ficou ótima. O filme realmente é fiel ao original. Mantém, inclusive, muitos diálogos idênticos ao texto. O problema é que a matéria-prima não traz qualidade, o que acaba prejudicando o resultado. A trama em si é muito simples e clichê - ainda mais quando se leva em consideração que a obra começou como um conto baseado nos personagens de Crepúsculo...
Os vinte minutos de sexo do longa foram filmados de forma bem sensual, que inclui a nudez dos atores. Mas não espere nada pornográfico. Muitas sequências são românticas, ao embalo da canção nova da cantora Beyonce. A delicadeza das imagens parte da direção da cineasta Sam Taylor-Johnson, que deixou claro o olhar feminino na hora de captar os momentos. Não é agressivo ou ofensivo. É tudo muito limpo - embora não deixe de ser sexy.
Um dos pontos altos de Cinquenta Tons de Cinza é atriz que interpreta a protagonista. Com olhos expressivos e apaixonados, ela consegue transformar a personagem chata que narra as páginas numa mocinha mais interessante. A fotografia elegante, ressalta os tons cinzas da metrópole e  da gravata do sádico. Tudo combinando com a sofisticação do universo luxuoso que o Sr Grey vive. Não podia ser diferente disso.
Entre os pontos negativos está a atuação de Dornan, longe de ser o galã descrito pela autora. Bonzinho demais, ele logo entrega os pontos e quase desaparece com a simpatia de Johnson. É um Sr Grey que não intimida e não tem testosterona suficiente para ser o personagem do livro. Por ser muito parecido com o texto original, é um filme longo. O ritmo pode cansar quem não está preparado. Agora quem já conhece a história provavelmente vai gostar de ver nas telas o que já imaginou na literatura. É um filme para mulheres, com um romance idealizado que foge um pouco do comum por ter elementos de safadeza que não aparecem em outras histórias. E merece ser visto como o título simples que é. Não espere uma inovadora obra da sétima arte. O objetivo nunca foi esse. Cotação do Daiblog:DaiblogDaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme Cinquenta Tons de Cinza:

 
Fifty Shades of Grey (EUA, 2015) Dirigido por Sam Taylor-Johnson. Com Dakota Johnson, Jamie Dornan, Jennifer Ehle, Victor Rasuk, Luke Grimes, Marcia Gay Harden, Rita Ora, Max Martini...

Read more...

Assista ao trailer de O Duelo

A Warner Bros. Pictures divulga o trailer de O Duelo, longa-metragem dirigido por Marcos Jorge (Estômago). O vídeo mostra cenas das aventuras do capitão-de-longo-curso Vasco Moscoso de Aragão, interpretado pelo premiado ator português Joaquim Almeida. O vídeo também destaca o saudoso José Wilker, que interpreta Chico Pacheco.

Adaptado de um dos romances mais belos e divertidos de Jorge Amado (Os Velhos Marinheiros), O Duelo discute em chave farsesca o tema da construção da verdade e do mito. O elenco estelar que completa o filme inclui Claudia Raia, Patricia Pillar, Marcio Garcia, Milton Gonçalves, Mauricio Gonçalves, Tainá Müller, Sandro Rocha, entre outros.

Read more...

Sai daí e vem para a I Prateleira Pipoca!

Acontece hoje (1º de fevereiro), a partir das 16h, no Balaio Café (201 Norte), a I Prateleira Pipoca - Feira de trocas de filmes de Brasília. Apareça lá para trocar ou vender os filmes que você não quer mais! Dê uma olhada de alguns títulos que estarão lá (clica na imagem para ver maior).


Vale a pena lembrar que só pode vender/trocar filmes originais, ok? Na ocasião, a equipe do Daiblog - Diversão * Arte * Informação estará na feira para distribuir ingressos para cinema para quem curte o site no Facebook!



I Prateleira Pipoca - Feira de trocas de filmes de Brasília
Domingo, 1º de fevereiro, das 16h às 20h.
No Balaio Café (201 Norte)
Entrada franca.
Informações: 3327-0732
Classificação livre.

Read more...
Siga o Daiblog no Twitter e conheça a página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades!
Related Posts with Thumbnails

Aviso

Creative Commons License Daiblog by Daiblog is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 3.0 Brasil License. Based on a work at www.daiblog.com.br. Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.daiblog.com.br.
Proibida a cópia ou qualquer outra forma de reprodução, integral ou parcial de textos, sem o prévio acordo do autor. O copyright das imagens e outros materiais são postados com o único objetivo de divulgação e pertencem aos seus respectivos proprietários. Ver!